Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2021

CAVALEIRO NEGRO: O MISTERIOSO SATÉLITE DE 13000 ANOS QUE ORBITA A TERRA

Imagem
De acordo com agências de monitoramento ao redor do mundo, o Black Knight está transmitindo sinais de rádio por mais de 50 anos. Os EUA e a União Soviética mostraram interesse particular neste “objeto espacial não identificado”. Desde sua descoberta este satélite tem interessado países como Suécia e entusiastas ao redor do mundo. Um deles é um Operador de Rádio Amador que aparentemente decodificou uma série de sinais recebidos do satélite OVNI e interpretou isso como um mapa estelar centrado no Sistema Estelar Epsilon Boötis e que o Black  Knight originou-se desse sistema 13.000 anos atrás. Mas de acordo com muitos, esta descoberta foi feita muito antes do que nós pensamos. Rumores existem de que foi Nikola Tesla o primeiro homem a “interceptar” um sinal deste satélite de outro mundo em 1899 depois de construir um dispositivo de rádio de alta-voltagem em Colorado Springs.  Depois da descoberta de Tesla, nos próximos 30 a 50 anos o sinal foi interceptado mais frequentemente até que foi

O TEMÍVEL APITO DA MORTE DOS GUERREIROS ASTECAS

Imagem
Quando os espanhóis chegaram ao atual México, os astecas eram o povo dominante por lá.  Aliás, os europeus se uniram à povos inimigos dos astecas para que pudessem derrota - los mais facilmente. Umas das táticas de intimidação dos guerreiros astecas era o Apito da Morte. Ele fazia um som horripilante. E isso ajudava na conquista de outros povos.  Escute abaixo: Agora imagine milhares de guerreiros correndo na sua direção com escudos, lanças e fazendo este barulho infernal? De arrepiar não?

MANUSCRITO 512 - O MISTERIOSO DOCUMENTO DE 1753 QUE RELATA UMA CIDADE PERDIDA NO BRASIL

Imagem
O Brasil gigantesco como é, desde os tempos mais remotos, possui uma infinidade de lendas e mitos.  Passando desde a famosa lenda da Cidade do Ouro, El Dorado, até a fenícios na costa brasileira. Porém dentre tantos mistérios, um se destaca: o Manuscrito 512. O Manuscrito 512 foi encontrado por acaso no século XIX, porém ele data de 1753. Ele traz o relato de um grupo de bandeirantes que teria encontrado uma fabulosa cidade no interior da Bahia. Os bandeirantes, segundo o Manuscrito, teriam avistado uma grande montanha brilhante, que com muito esforço escalaram. Já no topo viram a cidade perdida. Porém ao inspeciona - la, verificaram que não havia presença de nenhum habitante. Seus prédios, tinham muitos deles mais de um pavimento.  A entrada da cidade era possível por somente um caminho. Ornado por três arcos, possuindo inscrições indecifráveis. Eis um trecho do Manuscrito 512: (...) collumna de pedra preta de grandeza extraordinaria, e sobre ella huma Estatua de homem ordinario, com