RESENHA - O TESOURO PIRATA DA ILHA DA TRINDADE

 "O thesouro se encontra escondido n'uma ilha chamada Trindade".

- Zulmiro, o último Capitão Pirata do mundo. 


Autor: Marcos Juliano Ofenbock 

Páginas: 532

Nota: 10/10



O Tesouro Pirata da Ilha da Trindade 


Durante décadas, a lenda de um pirata que viveu em Curitiba PR, foi contada e recontada por muita gente. Com os passar dos tempos, para a grande maioria das pessoas, o Capitão Pirata Zulmiro, não passava de um mito, talvez uma história sem pé nem cabeça, que apesar de tudo, intrigava o povo da capital paranaense. 

E mais: Zulmiro havia escondido um fabuloso tesouro, numa ilha do litoral do Brasil.

Como poderia, um pirata de verdade ter escondido um grandiosíssimo tesouro e ter vivido numa cidade à 100 quilômetros do mar? Só poderia ser uma lenda urbana...

Será?

É incrível como "a linha tênue que divide os fatos das lendas" é tão fina. E por vezes perigosa. Mas são nesses casos em que o limite da vida real chega a ser mais impressionante que a própria ficção. 

Pesquisador, e por que não explorador, o curitibano Marcos Juliano Ofenbock, novamente nos traz as pistas e fatos que comprovam que o último capitão pirata do mundo, viveu e morreu no Brasil. Precisamente na cidade de Curitiba, no século XIX. E sim, o tesouro do Pirata Zulmiro existe e ainda clama seu destino por quem desejar encontra - lo.

Com o brilhante "O Tesouro Pirata da Ilha da Trindade", sucessor do excelente "A Verdadeira Ilha do Tesouro: As Crônicas do Pirata Zulmiro", Marcos Juliano mais uma vez nos leva direto para um navio pirata, carregado de tesouros e aventuras, bem no coração dos oceanos mais furiosos. 

Nesta nova obra, somos apresentados à inúmeros documentos raríssimos que mostram a busca pelo fabuloso tesouro que Zulmiro e sua tripulação esconderam. E além, temos muitíssimos registros históricos que provam a existência do Capitão Pirata Zulmiro, e que ele saqueou um navio com o maior tesouro das Américas: um navio que ia de Lima no Peru, para a Espanha na primeira metade do século XIX. Tesouro esse que foi escondido pelo pirata na Ilha da Trindade.

Marcos Juliano reuniu neste ótimo livro, várias reportagens que aos longos das décadas, foram em busca do tesouro pirata, informações de expedições nacionais e internacionais. São muitos arquivos que nos levam a entender como um nobre inglês abandonou sua carreira na marinha Real Britânica e pôs - se a aterrorizar os mares das Américas. 

São vários registros de fácil interpretação, com transcrições da época em que foram feitos, documentos, matérias e artigos, nos levando para voltar no tempo da nossa própria história e da história do mundo. Afinal, Marcos consegue com provas sólidas, conectar Curitiba ao Reino Unido, conectar autores e historiadores do passado e do presente, com fatos e provas. E incrivelmente com muita dedicação, Ofenbock ainda resgatou novos documentos e informações dadas pelos descendentes do próprio Zulmiro e de Edward Young, o melhor amigo do pirata.

Ofenbock regressa ao passado de forma tão eficaz que ainda conseguiu desvendar um mistério de 126 anos: Quem haveria de ter assassinado a sangue frio, o melhor amigo do Pirata Zulmiro, que era o único detentor do roteiro para encontrar o grande tesouro, que o próprio pirata lhe confiou?

Realmente a excelente obra, é mais que um simples livro sobre piratas e tesouros. É um livro que deve ser analisado por amantes da história, entusiastas de contos sobre piratas, e principalmente por aqueles que buscam a verdade entre as sombras de "mitos e lendas".

Eu aposto que ao lerem os registros que são mostrados no livro, muitos leitores assim como eu, irão ficar de "queixo caído", com as revelações e como muitas outras histórias mundiais se conectam com as peripécias do Capitão Pirata Zulmiro.  

Eu particularmente não conseguia pensar em outra coisa senão, em virar a próxima página para descobrir o que viria. Tantos foram os fatos impressionantes apresentados. Acabei por não sossegar até terminar esse incrível livro. 

Mais uma vez, devemos dar os mais sinceros parabéns e agradecimentos ao autor, Marcos Juliano Ofenbock, que compartilhou neste grande registro, feito após mais de 18 anos de árduas pesquisas, a saga detalhada do Pirata Zulmiro, onde a "Lenda ganhou Vida".

Finalizo com uma frase do grande autor deste livro: "O tesouro será encontrado"!


ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS: 

INSTAGRAM: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO

CANAL NO YOUTUBE: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO





Comentários

MAIS LIDAS

CONHEÇA SEALAND! O MENOR PAÍS DO MUNDO!

O MISTERIOSO CASO DE LUDMILA TOKOV - A COSMONAUTA FANTASMA

OS 10 MANDAMENTOS DO CAVALEIRO

O ALFABETO SECRETO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

MALVADOS? NEM TANTO, CONHEÇA 5 ROQUEIROS CRISTÃOS

ORAÇÃO A SÃO GALGANO GUIDOTTI, O SANTO CAVALEIRO DA "ESPADA FINCADA NA PEDRA"

NÃO POR NÓS SENHOR: CONHEÇA A ORAÇÃO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

O REAL SIGNIFICADO DO NOME DA PENÍNSULA DE YUCATAN NO MÉXICO

CRISTÓVÃO FERREIRA - O PADRE JESUÍTA QUE RENEGOU A CRISTO APÓS SER TORTURADO PELOS JAPONESES

O EXPLORADOR QUE MORREU PRESO DE CABEÇA PARA BAIXO E NUNCA PÔDE SER RESGATADO