RATANABÁ: A "BURRICE" DA CIDADE DE 350 MILHÕES ANOS PERDIDA NA AMAZÔNIA

Se tem um povo para acreditar em mentiras e coisas absurdas, esse é o brasileiro. 

Agora "do nada", um bando de gente que não aprendeu nada nas aulas de história, e não consegue ler uma página de qualquer livro que seja, começou a compartilhar nas redes sociais, (outra praga desse mundo) a suposta descoberta de uma cidade perdida na Amazônia: Ratanabá.

Os absurdos são inúmeros: a tal cidade em seu apogeu, 350 milhões de anos atrás, seria a "capital do mundo", maior que São Paulo, teria tecnologia muito avançada, e seria o verdadeiro interesse de homens poderosos pela selva Amazônica.

Nada da lenda - essa sim, com fontes históricas - de Eldorado, a lenda contada por exploradores europeus que datam do século XVI, sobre uma cidade coberta por ouro e riquezas na Amazônia.

Como é de se esperar, Ratanabá foi desmentida por inúmeros e sérios pesquisadores. Eles provam com dados e números, que é impossível esse "delírio" de cidade ter existido. A própria data da existência do lugar é algo desprovido de qualquer cabimento. Afinal há 350 milhões de anos atrás, nem os dinossauros existiam.

Pior. Tem gente que nem leu nada sobre essa cidade "pré histórica", e sai por aí defendendo essa maluquice. 

É minha gente... E tem pessoas que ainda dizem que a Idade Média foi a "Idade das Trevas"...


ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS: 

INSTAGRAM: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO

CANAL NO YOUTUBE: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO








Comentários

MAIS LIDAS

CONHEÇA SEALAND! O MENOR PAÍS DO MUNDO!

O MISTERIOSO CASO DE LUDMILA TOKOV - A COSMONAUTA FANTASMA

OS 10 MANDAMENTOS DO CAVALEIRO

O ALFABETO SECRETO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

MALVADOS? NEM TANTO, CONHEÇA 5 ROQUEIROS CRISTÃOS

ORAÇÃO A SÃO GALGANO GUIDOTTI, O SANTO CAVALEIRO DA "ESPADA FINCADA NA PEDRA"

NÃO POR NÓS SENHOR: CONHEÇA A ORAÇÃO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

O REAL SIGNIFICADO DO NOME DA PENÍNSULA DE YUCATAN NO MÉXICO

CRISTÓVÃO FERREIRA - O PADRE JESUÍTA QUE RENEGOU A CRISTO APÓS SER TORTURADO PELOS JAPONESES

O EXPLORADOR QUE MORREU PRESO DE CABEÇA PARA BAIXO E NUNCA PÔDE SER RESGATADO