O BRASIL NÃO FOI DESCOBERTO POR SAQUEADORES E LADRÕES, MAS SIM POR HOMENS TEMENTES A DEUS

Caros leitores, desde muito cedo na escola, somos induzidos a crer que nosso país foi  descoberto por europeus que só queriam as riquezas destas terras.

Engano. Quando chegaram aqui os portugueses clamaram a nova terra descoberta para Deus, e para a sua majestade o rei de Portugal.


A primeira coisa que fizeram aqui foi rezar uma missa. Missa na qual nos relata Pero Vaz de  Caminha, que muitos indígenas, participaram, logicamente num primeiro momento sem entender nada. Mas segundo ele, imitando os gestos dos navegadores.

Nãobesqueçamos também, da Cruz erguida com os brasões de Portugal.


A questão é que não vieram para cá, nas caravelas de Cabral, homens sedentos por matar selvagens e roubar suas terras e riquezas. Não. Primeiramente vejamos a coragem destes. Ora cruzar o temível Atlântico desconhecido por si só já é um feito incrivelmente notável. Agora imagine isso naquelas condições de 500 anos atrás.

Aqueles bravos navegadores vieram para cá, levando em suas naus a cruz, e em seus corações a mesma cruz.


Na própria carta que Caminha enviou ao rei Dom Manuel, ele fala sobre o povo que acharam aqui. Relata que são pessoas de muito boa índole e que não será difícil levar até eles o Nome de Nosso Senhor.

Se houveram posteriormente governos que com certeza foram terríveis para o que o Brasil é hoje, nada tem a ver com os exploradores. Mas dificilmente isso será ensinado ou falado. Mas que a verdade nunca seja escondia.








Comentários

MAIS LIDAS

INCRÍVEL FESTIVAL MEDIEVAL ACONTECE NA GRANDE CURITIBA

OS 10 MANDAMENTOS DO CAVALEIRO

O REAL SIGNIFICADO DO NOME DA PENÍNSULA DE YUCATAN NO MÉXICO

FRASES INDIANA JONES

CAVALEIROS DE SÃO LÁZARO: ORDEM MEDIEVAL FEITA POR CAVALEIROS LEPROSOS

MILAGRE! HÓSTIA LEVITA DURANTE MISSA, VEJA O VÍDEO

MALVADOS? NEM TANTO, CONHEÇA 5 ROQUEIROS CRISTÃOS

NÃO POR NÓS SENHOR: CONHEÇA A ORAÇÃO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

QUAL ERA O PESO DE UMA ARMADURA ESPARTANA?

O MISTERIOSO CASO DE LUDMILA TOKOV - A COSMONAUTA FANTASMA