ESCAFISMO: CONHEÇA O PIOR MÉTODO DE TORTURA JÁ CRIADO

Escafismo, também conhecido como suplício dos botes.

O método, muito praticado na Pérsia antiga, consistia em deitar a pessoa nua, em um bote e cobrir a mesma por outra embarcação ajustável a esta, ficando de fora sua cabeça, mãos e pés. Era então forçada a ingerir leite e mel a ponto de desenvolver diarreia, enquanto mais mel era jogado em seu corpo para atrair insetos aos membros expostos.

O condenado era deixado flutuando em águas paradas ou exposto ao sol. Os vermes que surgiam em seus excrementos, junto às formigas e moscas atraídas pelo mel, iam-lhe então devorando aos poucos, deixando carne exposta e progressivamente gangrenosa.


A ingestão de mel e leite era repetida diariamente para prolongar a tortura e evitar a morte por desidratação ou fome. A morte, quando eventualmente ocorresse, era dolorosa, humilhante e demorada, consequência provável de uma combinação de desidratação, fome e choque séptico.

O historiador e filósofo grego Plutarco escreve na biografia de Artaxerxes que o próprio criador do escafismo, Mitríades, foi sentenciado à morte sob tal pena, sobrevivendo 17 dias até finalmente morrer.


ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS: 

INSTAGRAM: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO

CANAL NO YOUTUBE: O CAVALEIRO TEMPLÁRIO




Comentários

MAIS LIDAS

ORAÇÃO A SÃO GALGANO GUIDOTTI, O SANTO CAVALEIRO DA "ESPADA FINCADA NA PEDRA"

OS 10 MANDAMENTOS DO CAVALEIRO

CAVALEIROS DE SÃO LÁZARO: ORDEM MEDIEVAL FEITA POR CAVALEIROS LEPROSOS

NÃO POR NÓS SENHOR: CONHEÇA A ORAÇÃO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

QUAL ERA O PESO DE UMA ARMADURA ESPARTANA?

PÔNCIO PILATOS REALMENTE EXISTIU?

OS 26 CRISTÃOS CRUCIFICADOS NO JAPÃO

O MAIOR ROUBO PIRATA DA HISTÓRIA

O EXPLORADOR QUE MORREU PRESO DE CABEÇA PARA BAIXO E NUNCA PÔDE SER RESGATADO

COMO ME TORNEI UM BARÃO EM PLENO SÉCULO 21!