OS TEMPLÁRIOS PLANEJAVAM UMA ÚLTIMA E DERRADEIRA CRUZADA PARA RETOMAR JERUSALÉM

Em 1291 acontecia  a Batalha  de Acre. Onde os bravos Cavaleiros  do Templo  lutaram contra hordas infindáveis de infiéis  sarracenos. Mesmo em menor número continuaram lutando até o limite.

Porém  a batalha  foi vencida pelos inimigos e a cidade  de Acre - último reduto cristão na Terra Santa,  voltava as mãos dos maometanos.


Após  a queda de Acre,  a confiança  nos templários  estava  extremamente abalada. Ora se não  podiam defender os locais santos,  qual era então a necessidade da existência  da Ordem?

Na França,  lugar onde viviam muitos templários,  inúmeras  reuniões  secretas foram realizadas,  com um único  objetivo: RETOMAR JERUSALÉM DEFINITIVAMENTE.


A Ordem dos Cavaleiros Templários era a organização mais poderosa da época.  Então,  o que faltava apenas era organizar o exército,  suprimentos,  traçar  rotas,  etc.  Jacques DeMolay,  o último  Grão Mestre do Templo,  como relatam  muitos  historiadores,  já  teria em mãos  os meios necessários  para a realização  dessa última Cruzada.

Porém,  como sabemos,  nada disso se realizou. Antes dos templários tentaram reconquistar Jerusalém,  foram  condenados à  fogueira  por heresia.  Sem motivo  algum,  por Felipe IV,  O Belo,  rei francês  que queria para si as posses e o poder  da Ordem.

Tenho  certeza porém, caros leitores que os Templários iriam sim retomar Jerusalém  para a  cristandade e o mundo seria hoje um lugar muito melhor.



Comentários

LEIA AINDA MAIS!

PRINCESA É EXCLUÍDA DA LINHA DE SUCESSÃO AO TRONO BRITÂNICO APÓS SE CONVERTER AO CATOLICISMO

ESPADA MEDIEVAL ENCONTRADA NO REINO UNIDO PERTENCIA AOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

CABRAL TAMBÉM FOI UM CAVALEIRO TEMPLÁRIO

SAIBA COMO OS CRUZADOS SE REFERIAM À MAOMÉ DURANTE AS GUERRAS SANTAS

ASSISTA AGORA A UMA LUTA REAL DE BRUCE LEE

FERIADO DE 15 DE NOVEMBRO: NÃO HA O QUE COMEMORAR

ENTENDA O QUE HOUVE DESDE A MORTE DE MAOMÉ ATÉ A PROCLAMAÇÃO DA PRIMEIRA CRUZADA

A ESTRANHA E MISTERIOSA MORTE DO REI QUE CONDENOU OS TEMPLÁRIOS À FOGUEIRA

AS ORDENS MILITARES MEDIEVAIS AINDA EXISTEM?