O DESPORTO DO CAVALEIRO - JUSTA

Justa é um desporto  jogado por dois cavaleiros com armaduras  montados em cavalos . Consiste numa competição marcial entre dois cavaleiros  montados, usando uma variedade de armas, geralmente em grupos de três por arma (como a inclinação com um lança , golpes com machados , ou golpes com a espada), entre outros, muitas vezes, como parte de um torneio. 

A justa foi um jogo marcial na Idade Média , sendo necessário ter uma habilidade muito grande para praticar este desporto. Embora o primeiro torneio foi feito em 1066, a justa não ganhou popularidade generalizada até o século XII. É mantido o seu estatuto como um desporto popular europeu até ao início do século XVII.

A justa foi incorporada em torneios vários séculos após a sua estreia. O torneio permitiu uma melhor exibição da habilidade individual e, embora perigosa, ofereceram grandes somas de dinheiro do prémio. Muitos cavaleiros fizeram a sua fortuna com esses eventos, enquanto muitos perderam a fortuna ou mesmo a vida. Por exemplo, Henrique II da França  morreu quando uma lança do seu adversário atravessou a sua viseira e a quebrou em fragmentos, cegando o olho direito e penetrando na sua órbita direita e têmpora.

Muitos nobres usavam a Justa como forma de aparecerem  mais perante  a realeza.  Outros  jovens  ainda a usavam para  "conquistar" o coração  das donzelas que os assistiam.  




Comentários

LEIA AINDA MAIS!

PRINCESA É EXCLUÍDA DA LINHA DE SUCESSÃO AO TRONO BRITÂNICO APÓS SE CONVERTER AO CATOLICISMO

ESPADA MEDIEVAL ENCONTRADA NO REINO UNIDO PERTENCIA AOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

CABRAL TAMBÉM FOI UM CAVALEIRO TEMPLÁRIO

SAIBA COMO OS CRUZADOS SE REFERIAM À MAOMÉ DURANTE AS GUERRAS SANTAS

ASSISTA AGORA A UMA LUTA REAL DE BRUCE LEE

FERIADO DE 15 DE NOVEMBRO: NÃO HA O QUE COMEMORAR

OS TEMPLÁRIOS PLANEJAVAM UMA ÚLTIMA E DERRADEIRA CRUZADA PARA RETOMAR JERUSALÉM

ENTENDA O QUE HOUVE DESDE A MORTE DE MAOMÉ ATÉ A PROCLAMAÇÃO DA PRIMEIRA CRUZADA

A ESTRANHA E MISTERIOSA MORTE DO REI QUE CONDENOU OS TEMPLÁRIOS À FOGUEIRA

AS ORDENS MILITARES MEDIEVAIS AINDA EXISTEM?