AS ORDENS DOS TEMPLÁRIOS E HOSPITALARIOS QUASE FORAM FUNDIDAS

Isso mesmo  queridos  leitores,  por muito pouco essas duas grandiosas  Ordens militares medievais não  se fundiram.

Em 1187,  os Cavaleiros Templários perderam  a cidade de Jerusalém,  para o sultão  Saladino.  E essa derrota fez com que aparecerem  inúmeros  boatos  de que a Ordem estaria prestes  a chegar ao seu  fim.

Ora,  de que adiantava ter um organização  tão  poderosa,  se seu  propósito  inicial  não  podia  ser concluído?

Dessa forma,  muitos  nobres e também  o clero,  começaram  a se perguntar  o por quê  de não  se fundirem as duas maiores Ordens militares da  época: Templários  e Hospitalarios.

Os Templários,  deviam  submissão  apenas  ao Sumo Pontífice.  E isso deixava muita gente com um  ódio  terrível.  Alguns historiadores até  dizem que havia certa  rixa entre eles e os Hospitalários.

De qualquer  modo, Jacques DeMolay,  último  Grão Mestre Templário,  resitiu firmemente  à  ideia. E por algum tempo o papado ficou ao lado dos Templários.

O que será  que poderia ter acontecido  se essa fusão  tivesse se concretizada?  Tenho certeza  que o mundo seria MUITO melhor.

Porém  haverá  um novo dia.



Comentários

LEIA AINDA MAIS!

PRINCESA É EXCLUÍDA DA LINHA DE SUCESSÃO AO TRONO BRITÂNICO APÓS SE CONVERTER AO CATOLICISMO

CABRAL TAMBÉM FOI UM CAVALEIRO TEMPLÁRIO

ASSISTA AGORA A UMA LUTA REAL DE BRUCE LEE

ENTENDA O QUE HOUVE DESDE A MORTE DE MAOMÉ ATÉ A PROCLAMAÇÃO DA PRIMEIRA CRUZADA

A ESTRANHA E MISTERIOSA MORTE DO REI QUE CONDENOU OS TEMPLÁRIOS À FOGUEIRA

AS ORDENS MILITARES MEDIEVAIS AINDA EXISTEM?

RUMBLR: UMA ESPÉCIE DE TINDER PARA QUEM PROCURA BRIGAS

OS TEMPLÁRIOS PLANEJAVAM UMA ÚLTIMA E DERRADEIRA CRUZADA PARA RETOMAR JERUSALÉM

OS 26 CRISTÃOS CRUCIFICADOS NO JAPÃO

SALADINO PLANEJAVA MARCHAR E CONQUISTAR A EUROPA APÓS AS CRUZADAS